Os 5 Melhores Capangas de Dragon Ball Z

Para essa lista, resolvi ignorar vilões óbvios como Cell, Freeza, Majin Boo e Vegeta, e privilegiar os vilões que em algum momento do anime/mangá conseguem roubar a cena para si, apesar de obviamente não serem tão poderosos quanto seus chefes. Abaixo, alguns desses capangas e as justificativas para eles serem tão queridos.

Nappa

Os sayajins são guerreiros muito poderosos e os primeiros  adversários reais dos guerreiros Z no seriado. O primeiro a aparecer é Raditz, o mais fraco dos três restantes – excluindo é claro Goku/Kakaroto – logo depois, a dupla Vegeta e Nappa chegam a Terra, barbarizando os humanos e Piccolo. Nappa é sádico, trata mal seus adversários, humilha Yamcha mandando os saibaimen matarem ele, ARRANCA o braço de Tenshinhan, permite que Chaos se mate para tentar detê-lo, obviamente sem sucesso, assassina Piccolo e quase mata Kuririn e Gohan. Nappa é detido por Goku e morto por seu antigo parceiro, Vegeta, e certamente é mais cruel e vilanesco até que Vegeta, apesar de sua curta passagem na fase Z.

Zarbon

Apesar de pouco forte e atrapalhado, Zarbon é um personagem imponente. Ele e Dodoria formam a dupla de soldados de elite de Freeza, e o alienígena verde humilha Vegeta na primeira vez que luta. Ele seria um dos primeiros personagens a mostrar uma segunda forma, tal qual os sayajins e os membros da raça de Freeza, e ainda capturaria a atenção sexual de Bulma, quando ele enfrenta o sayajin baixinho. Teve um fim um pouco menos glamouroso do que deveria, vencido por Vegeta depois da utilização do zenkai, a técnica que faz com os que os membros da raça se tornem após se recuperarem de ferimentos quase fatais.

Recoome ou Rikum

Das Forças Especiais Ginyu, o mais mortal entre os cinco certamente é Recoome, um guerreiro ruivo, muito louco e que gosta de batalhas e de tomar sorvete. Ele luta muito bem contra Gohan, Kuririn e Vegeta, e não tem dificuldades contra eles, ao menos num primeiro momento. Precisa chegar Goku para o quadro mudar e ele levar uma surra. O sayajin criado na Terra o deixa quase morto, jogado no chão, e quase o poupa, se Vegeta não o executasse de maneira covarde. A coisa mais engraçada e curiosa ocorrido com o vilão aconteceu em sua luta contra os sayajins e Kuririn, onde ele tem sua roupa rasgada, inclusive deixando sua bunda à mostra, pagando um belo de um cofre. Do quinteto que imita os tokusatsus antigos, ele é o mais carismático, e possivelmente mais poderoso até que Ginyu, ainda que isso possa ser discutível.

Androide 17

Misto de humano com ser robótico – o que deveria ser chamado de Cyborg e não androide – ele é tão adorado pelos fãs que foi repaginado em Dragon Ball GT, como Super 17 e retornou a ribalta em Dragon Ball Super onde teve uma boa participação no Torneio de Poder. Seu nome original era Lapis. Ele foi programado para matar Goku, mas jamais conseguiu enfrentá-lo, pois no futuro de Trunks – onde ele é bem mais cruel – o herói já estava morto, e na linha oficial do anime/mangá, ele estava se recuperando da doença que na outra linha o matou. Supostamente ele é mais forte que sua irmã gêmea, Número 18 (ou Lazuli). Para muitos, 17 é considerado infantil, por não pensar em nada a não ser matar seu adversário, mas a realidade é que esse traço tem mais a ver com a alienação e frieza típica de um sociopata. Ele é o primeiro a ser absorvido por Cell, e gera a versão quase perfeita do vilão, além disso, luta contra Piccolo depois dele se fundir com Kami-Sama. Curioso é que todo carisma do personagem resulta somente nessa luta, ao menos na linha do tempo comum.

Dabura

Dabura acompanha Babidi, no início da Saga de Majin Boo, ele é chamado de rei do reino dos demônios. É cruel, estiloso, bem desenhado e tem “grandes” poderes, como um cuspe que transforma o que for tocado em pedra. O vilão dá bastante trabalho a Gohan e quando é derrotado tem uma vida pós-morte curiosa, pois vai para o paraíso, já que sendo rei do inferno não poderia retornar ao seu lar, e no céu acaba se tornando uma boa pessoa. Se fosse ressuscitado, certamente lutaria pelo lado do bem. Seu poder acredita-se ser equivalente ao de Cell em sua forma perfeita, o que faz perguntar porque ele não veio a Terra quando apareceu o bio-androide. Conveniências de roteiro.

Espero que tenham gostado da lista e não esqueçam de deixar outros vilões de segunda categoria que vocês gostam.

Facebook – Página e Grupo | Twitter Instagram.