Sai de cena William Peter Blatty, escritor e roteirista de o Exorcista

William Peter Blatty, que escreveu o lendário romance Exorcista, de 1971, faleceu ontem com 89 anos de idade. Segundo o The Associated Press reports a causa da morte foi informada por sua esposa Julie foi um tipo de câncer no sangue. Após trabalhar em Hollywood como roteirista, Blatty escreveu o agora icônico livro que depois se tornaria roteiro e um dos maiores clássicos da nova Hollywood em 73 com a ajuda do diretor William Friedkin.

O Exorcista foi uma completa mudança de tom do seu trabalho inicial, Blatty que começou como roteirista de comédia, esboçando bordões para astros como Peter Sellers muito tempo antes de elucubrar a obra definitiva de terror do nosso tempo. Até o dia de hoje, seu romance e sua sequência se mantêm como seu trabalho mais memorável: “Não posso negar O Exorcista”, comentou Blatty ao Washington Post um pouco antes da comemoração ao seu aniversário de 40 anos em 2013. “Ele fez tanto para mim e para minha família. E acabou me dando muita liberdade criativa de escrever o que eu queria”.

Texto de autoria de Halan Everson.