Cinéfilo formado em publicidade e iniciante com "Os Aristogatas", que assistia 5 vezes por dia na infância, e que agora começa a querer fazer seus próprios filmes. Devo estar indo longe demais.

Crítica | Ironweed

Crítica | A Época da Inocência

Crítica | O Amante Duplo

Crítica | Boa Noite e Boa Sorte

Crítica | Cabo do Medo

Resenha | Saco de Ossos – Stephen King

Crítica | Fahrenheit 451

Crítica | Em Pedaços