Filipe Augusto Pereira é Jornalista, Escritor, quer salvar o mundo, desde que não demore muito e é apaixonado por Cinema, Literatura, Mulheres Rock and Roll e Psicanalise, não necessariamente nessa ordem.

[Crítica] On Yoga: Arquitetura da Paz

[Crítica] Arábia

[Crítica] Slam: A Voz do Levante

[Crítica] Liga da Justiça (1997)

[Crítica] Vazante

[Crítica] O Outro Lado da Esperança

[Crítica] Wheelman

[Crítica] Motorrad

[Crítica] Henfil

[Crítica] Jumanji (1995)

[Crítica] A Babá

[Crítica] O Culto de Chucky