Apple e Amazon disputam direitos por James Bond

A novela pela disputa dos direitos da franquia James Bond tomou um rumo inesperado. Enquanto a Warner Bros. continua a liderar a disputa pelos direitos de distribuição dos filmes da franquia, depois que os direitos da Sony expirou em 2015 após o filme 007 Contra Spectre, surgiram alguns pretendentes inesperados, como a Amazon e Apple.

As gigantes da tecnologia estão dispostas a pagar o mesmo montante ou até mais, que a Warner estaria disposta a pagar pelos direitos. A MGM tem procurado um acordo há mais de dois anos e parece que a Sony, Universal e Fox também estavam perseguindo a propriedade, com a Warner e a Sony lançando as propostas mais agressivas.

Mas o surgimento da Apple, considerada uma concorrente tão viável quanto a Warner Bros., está agora pressionando a MGM para fechar um acordo, a Amazon também entrou no páreo e mostra que as gigantes digitais consideram Bond uma marca que pode ser muito bem explorada, tornando a franquia um fator de mudança na disputa de conteúdo digital.

A Apple está interessada em fazer um acordo para explorar mais os direitos ou até mesmo comprar a franquia toda, incluindo produções da franquia na TV, um setor por onde o Agente 007 não passou. A franquia está aproximadamente avaliada entre 2 a 5 bilhões de dólares.

A inclusão da Apple e da Amazon na disputa indicaria que está na mesa mais do que os direitos cinematográficos mas também a discussão sobre o futuro da franquia, se a MGM vender ou licenciar pelo o preço certo.

Acompanhe-nos pelo Twitter e Instagram, curta a fanpage Vortex Cultural no Facebook, e participe das discussões no nosso grupo no Facebook.