[Crítica] David Brent: A Vida na Estrada

Após o sucesso de The Office, onde Ricky Gervais e Stephen Merchant trabalharam na direção e roteiro, David Brent retorna, dessa vez para cumprir um antigo sonho seu, se tornar um astro de rock. David Brent: A Vida na Estrada mostra o personagem título trabalhando como representante de venda de odorizadores de banheiro. Evidentemente que toda falta de noção e inconveniência do personagem é resgatada, mas o prisma analisado é ligeiramente diferente do programa original, semelhante demais ao visto nos especiais de natal exibidos em 2003.

Brent prossegue sendo um pária em seu local de trabalho. Seja no novo escritório – onde não tem o cargo de chefia como era no seriado – ou no estúdio onde grava suas demos musicais, Brent é tratado como um intruso, um sujeito que ninguém deseja estar perto. Apesar de engraçado, isso é também triste, se assemelhando bastante ao tom existente nos especiais de natal de The Office.

Brent consegue excursionar com sua banda contratada, e os músicos claramente o acham digno de pena e provocador de um profundo incômodo por sua simples presença. Ao contrário do ocorrido no programa da BBC aqui não há qualquer constrangimento dos personagens em se mostrarem enfadados com a postura e com a proximidade de Brent, e são poucos os que enxergam algo de positivo em sua pessoa, sendo o maior deles Dom (Doc Brown), o cantor de rap que acompanha sua banda.

Não há participações dos antigos personagens da vida de Brent, fato que o faz ser o centro das atenções humorísticas. Curiosamente há uma ausência de comédia via diálogo, restando a Gervais a maioria absoluta das piadas e situações cômicas, vaidade essa que faz o longa perder um pouco de força. A carência jamais assumida por si é motivo de piada para os outros e é nesse aspecto que mora a maior riqueza de David Brent: A Vida na Estrada, que tem si uma boa mistura de comédia com reflexão sobre os dias de uma pessoa frequentemente excluída.

Acompanhe-nos pelo Twitter e Instagram, curta a fanpage Vortex Cultural no Facebook, e participe das discussões no nosso grupo no Facebook.