Especial | Clint Eastwood

clint-eastwood-especial-vortex

Clint Eastwood iniciou sua carreira como ator em 1955 em pequenas pontas no cinema. Passou a ter maior notoriedade ao trabalhar na série para televisão Rawhide, infelizmente pouco conhecida por aqui, apesar do enorme sucesso nos EUA. Na série que ficou no ar por aproximadamente oito anos, Eastwood interpretava Rowdy Yates, uma personagem que sempre auxiliava o protagonista Gil Favor, interpretado por Eric Fleming. Ao longo da série, o ator ganhou cada vez mais importância e relevância quanto o próprio Fleming.

Por conta do seu trabalho em Rawhide, Clint, então com mais de 30 anos, uma idade considerada um pouco tardia para quem gostaria de se tornar um astro de Hollywood, é convidado pelo cineasta italiano Sergio Leone para protagonizar o western Por um Punhado de Dólares. Descrente da indústria norte-americana e cansado da TV, o ator parte para a Itália para filmar um dos filmes que revisita e desconstrói o subgênero western e se torna um do mais importantes da história do cinema mundial.

A partir de então, Hollywood, que o achava velho para a indústria, convida Eastwood para protagonizar diversos papéis  imortalizados na tela de cinema por sua persona. Atuar não parecia o bastante para o novo astro de Hollywood e, em 1971, Clint decide colocar suas habilidades atrás das câmeras em seu primeiro longa-metragem, Perversa Paixão. E desde então não abandonou a direção, tornando-se uma referência para o cinema norte-americano e mundial. Resgatando a aura do cinema clássico, desenvolvendo um trabalho próprio de aproximação e envolvimento na direção, fotografia e roteiro com seu público, retratou questões que envolvem a moral, violência, encontros e reencontros, além da própria vida e sua fragilidade.

Nascido nos anos 1930, uma geração anterior à televisão, Clint vivenciou o período em que o cinema era a diversão popular e acessível para boa parte da população americana. Dessa forma quase que instintiva e informal, o diretor formou sua memória cinematográfica, diferente da geração que viria uma década depois com Martin Scorsese, Michael Cimino, Brian De Palma e Francis Ford Coppola. Enquanto esta Nova Hollywood desconstrói a velha Hollywood, Clint revisiona aquele cinema à sua maneira: simples, essencial, onde o menos é mais e com mise-en-scène quase invisível.

Suas influências remetem a grandes legados como John Ford, Billy Wilder, Orson Welles, Howard Hawks, Sergio Leone, Don Siegel, Frank Capra e tantos outros, não só pelo modo de filmar e contar histórias, mas também de compreender o cinema como uma indústria. Dono de uma sensibilidade que se escancara em seu cinema, por vezes controversos a sua personalidade, acima de tudo, se mostra digno de artista que prega o humanismo acima de posições políticas.

Todo esse mar de sentimentos, muitas vezes contraditórios e controversos, como nossa vida, muitas vezes amarga e doce, dura e sensível, forte e frágil, faz parte do cinema de Eastwood. Tudo isso é humano. Tudo isso é Clint Eastwood.

Devido a essa importância, sua filmografia sempre merece ser revista e revisitada, motivo que anuncia este especial sobre o diretor. A partir desta semana publicaremos, nas quartas-feiras e domingos, uma crítica inédita sobre uma de suas produções, traçando um olhar crítico sobre este diretor que transita em diversas frontes, como a beleza desoladora de Um Mundo Perdido, dialoga com o noir na obra de recepção mista O Jardim do Bem e do Mal e em clássicos absolutos como Os Imperdoáveis e Sobre Meninos e Lobos. Um legado cinematográfico absoluto.

Podcasts (Diretor)

VortCast #04 | Clint Eastwood – Parte 1
VortCast #11 | Clint Eastwood – Parte 2
VortCast #12 | Clint Eastwood – Parte 3

Filmografia (Diretor)

(2018) 15h17: Trem Para Paris
(2016) Sully: O Herói do Rio Hudson
(2014) Sniper Americano
(2014) Jersey Boys: Em Busca da Música
(2011) J. Edgar
(2010) Além da Vida
(2009) Invictus
(2008) Gran Torino
(2008) A Troca
(2006) Cartas de Iwo Jima
(2006) A Conquista da Honra
(2004) Menina de Ouro
(2003) Sobre Meninos e Lobos
(2002) Dívida de Sangue
(2000) Cowboys do Espaço
(1999) Crime Verdadeiro
(1997) Meia-noite no Jardim do Bem e do Mal
(1997) Poder Absoluto
(1995) As Pontes de Madison
(1993) Um Mundo Perfeito
(1992) Os Imperdoáveis
(1990) Rookie: Um Profissional do Perigo
(1990) Coração de Caçador
(1988) Bird
(1986) O Destemido Senhor da Guerra
(1985) O Cavaleiro Solitário
(1983) Impacto Fulminante
(1982) Honkytonk Man – A Última Canção
(1982) Firefox – Raposa de Fogo
(1980) Bronco Billy
(1977) Rota Suicida
(1976) Josey Wales – O Fora da Lei
(1976) Escalado para Morrer
(1973) Interlúdio de Amor
(1973) O Estranho Sem Nome
(1971)
 Perversa Paixão

clint-eastwood-cowboy-especial-vortex

Acompanhe-nos pelo Twitter e Instagram, curta a fanpage Vortex Cultural no Facebook, e participe das discussões no nosso grupo no Facebook.