Logan | Produtores estavam preocupados que o filme fosse “muito chato”

Enquanto o sucesso esmagador de Deadpool deixou os executivos da Fox sem nenhuma preocupação em liberar um filme para +18 nos cinemas do Wolverine Imortal, isso não quis dizer necessariamente que foi uma decisão fácil. Claro que o estúdio queria uma sequência para o personagem ainda mais com Hugh Jackman já confirmando sua aposentadoria do personagem, ele e o diretor James Mangold queriam fazer algo realmente diferente para essa última filmagem.

Entretanto para Logan, Mangold e Jackman queriam algo mais próximo de uma estética western, o que poderia implicar numa maior preocupação com um filme mais contemplativo. De acordo com uma das chefes 20th Century Fox FilmStacey Snider (segundo a Variety), o que deixou os executivos nervosos quanto a esse filme foi:

“Por dentro havia realmente uma preocupação com o tom que esse filme teria. É uma energia muito mais séria sobre vida e morte. O paradigma disso é que queriam um faroeste, e eu e meus colegas achamos isso estranho. Não é como se o Wolverine fosse algum tipo de filme cabeça, se você pensar na ideia não parece muito chato? Não é algo muito legal imaginar o Wolverine como um cara de verdade num mundo pesado em que ele não quer lutar mais até que uma garotinha precise dele, não é!?”.

A preocupação parece legítima mas agora que temos o projeto já pronto, resta saber o quanto eles balancearam isso com a classificação indicativa do filme. Existem agora com Deadpool nove filmes dos X-Men. Já que é o último do Wolverine, porque não mexer nessa fórmula mesmo? Quero dizer Christopher Nolan tentou isso e gerou 3 filmes que até hoje são relembrados.