Cinema

Sai de cena Manoel de Oliveira, cineasta português

Compartilhar

manoel-de-oliveira

Faleceu nesta quinta-feira, aos 106 anos, o célebre diretor Manoel de Oliveira, responsável por mais de 60 produções.

Nascido Manoel Cândido Pinto de Oliveira, o realizador vivenciou a maior parte das mudanças tecnológicas do cinema, passando da era analógica à digital. Seus filmes foram indicados e premiados nos eventos mais importantes, como o Festival de Cannes, o Festival de Berlim, entre outras diversas premiações em Portugal e em toda a Europa.

Vítima de uma parada cardíaca, Manoel de Oliveira foi o mais longevo e prolífico diretor, atuando na carreira até pouco antes de sua morte. Suas últimas obras, os curtas-metragens Chafariz da Juventude e O Velho do Restelo, foram lançadas no ano passado, sendo a última uma trama com Dom Quixote, Camillo Castelo Branco e Luís Vaz de Camões como personagens discutindo as glórias e o passado portugueses.

Mestre na imagem e na palavra, seus filmes mais importantes são: A Divina Comédia, Espelho Mágico, Viagem ao Princípio do Mundo, O Princípio da Incerteza e O Estranho Caso de Angélica.

-

Texto de autoria de Karina Audi.

Vortex Cultural

Um autômato a serviço do site... ou não.
Veja mais posts do Vortex
Compartilhar