Resenha | Bem Atrás de Você – Lisa Gardner

Bem Atrás de Você da escritora Lisa Gardner, lançado pela Editora Gutenberg, é um romance policial de dois irmãos separados e novamente unidos pela violência. A autora opta por uma escrita detalhista e descritiva ao acompanhar os motivos que levam até o desfecho da trama, mas a falta de carisma dos personagens e o enredo engessado pela falta de originalidade dão a narrativa um caráter frio, insosso e não-agradável.

A história começa com o menino Telly de apenas 9 anos matando o próprio pai (que havia matado a esposa), para proteger a sua irmã. Os irmãos são postos para a adoção e um nunca mais sabe do paradeiro do outro. A irmã é adotada por um casal de policiais aposentados e ficamos sem notícia do irmão. Em paralelo, dois assassinatos a sangue frio acontecem em um posto de gasolina e a xerife recorre aos policiais aposentados pais de Sharlah (a irmã de Telly), para ajudar na identificação do garoto que aparece na câmera de vigilância do posto. Como era de se esperar, é Telly quem aparece nas imagens.

A partir daí, Telly é caçado pelo FBI como um assassino perigoso e os pais adotivos de Sharlah são reticentes em contar a ela o paradeiro do irmão. A trama engessa, os personagens rodeiam entre si e mesmo os diálogos longos são enfadonhos por não adicionarem nada ao enredo. Certo ponto, e isso acontece em outras partes do livro, não há pistas sobre o paradeiro do jovem e no parágrafo seguinte os investigadores pensam no que poderia ser benéfico para eles, e é isso mesmo que acontece. Que coincidência!

A solução do enredo, portanto, não é feita com as peças que já existem nas páginas do livro, mas com informações que saltam de fora para dentro, sem que a gente tivesse conhecimento antes. Soluções criadas naquele mesmo momento para acelerar a trama. É o tipo de resolução conhecida como Deus ex machina, um crime (o trocadilho foi intencional), quando se trata de narrativas policiais. Além dessa falha, os personagens são previsíveis, com algumas frases feitas tiradas de séries policiais televisivas, e pouco dão vigor à história.

Na capa é dito que Lisa Gardner é uma das melhores autoras de suspense do momento (talvez por isso seja bestseller), mas não nesse livro. Aqui não há suspense. Há episódios resolvidos apenas porque o tempo é curto e as coisas devem caminhar a um desfecho. Fora isso, não há construção narrativa que nos prenda à atmosfera apresentada. A impressão que fica é que estamos assistindo mais uma daquelas dezenas de séries policiais que repetem a si mesmas só pelo fato de as pessoas gostarem de séries policiais.  Para esse livro, contudo, é melhor mudar de canal.

Compre: Bem Atrás de Você – Lisa Gardner.

Acompanhe-nos pelo Twitter e Instagram, curta a fanpage Vortex Cultural no Facebook, e participe das discussões no nosso grupo no Facebook.