FLIP 2013: Cadê o grito do Galera?

FLIP 2013 | Eduardo Coutinho e seu jogo de cena

Crítica | Sucker Punch – Mundo Surreal

[Crítica] 300

FLIP 2013: Barthes e Nabokov tem razão

[Crítica] A Lenda dos Guardiões

FLIP 2013: velhinhos que mandam bem

VortCast 26: Zack Snyder

[Crítica] O Lugar Onde Tudo Termina

FLIP 2013: o norueguês pede desculpas

Crítica | As Vantagens de Ser Invisível (2)

FLIP 2013: Mulher não faz literatura

FLIP 2013: T. J. Clark e um Picasso

[Crítica] Madrugada dos Mortos