Resenha | Uma Dobra no Tempo

Uma Dobra no Tempo, é uma graphic novel publicada pela Darkside Books, baseada em um livro homônimo de fantasia e ficção cientifica escrito por Madeleine L’Engle (lançado em 1962). A adaptação ficou a cargo da quadrinista Hope Larson, e a tradução foi feita por Érico Assis.

Em Uma Dobra no Tempo acompanhamos a odisseia interplanetária da garota Meg e seu irmão Charles Wallace para reencontrar seu pai, Dr. Murry,um brilhante cientista desaparecido há 2 anos. Calvin O’Keefe, um amigo muito leal, ainda se junta à aventura dos irmãos. A jornada começa com as senhoras Sra. Quequeé, a Sra. Quem e a Sra. Qual, uma trindade mística e desconhecida. As três velhinhas emulam outras trindades mitológicas como as Parcas, Graças e Fúrias (só para ficar na Mitologia Grega), e funcionam como as mentoras da história, explicando que sabem do paradeiro do cientista e que um grande mal ameaça o pai deles e a Realidade.

Aos poucos, os personagens principais são apresentados à Sombra, um princípio oposto à vida. Mitologicamente falando, trata-se do Caos, um grande abismo indefinido que pretende abocanhar todos os universos. A diferença é que no quadrinho temos uma espécie de planeta onde a Sombra tomou conta das pessoas e é justamente lá que Dr. Murry está preso de forma inescapável.

A história toda é uma metáfora de crescimento e enfrentamento das nossas fraquezas. Ao seguir a aventura de personagens adolescentes lutando contra uma Sombra primordial, talvez a própria que também criou o universo, observamos as escolhas deles na disputa contra seus lados negativos ou desconhecidos. Há uma (re)descoberta de afetos, segredos familiares, empatia, amizade e bravura.

Na questão gráfica, Larson optou por quadrantes bem definidos sem invasão gráfica, notas de um estilo sóbrio e vintage. Os quadrinhos têm boa forma e facilmente conseguimos entender a sequência de diálogos e cenas. A quadrinista optou por uma tonalidade fria onde o preto, cinza e azul ganham as páginas com facilidade e não temos desenhos com riqueza de minúcias. Destaque para a edição em capa dura e o acabamento luxuoso, o que mostra, mais uma vez, o apreço da editora pelo produto que comercializa. Excelente edição, grande história e ótima dica de leitura!

Compre: Uma Dobra no Tempo.

Facebook – Página e Grupo | Twitter Instagram | Spotify.