Resenha | Usagi Drop #02

No primeiro volume de Usagi Drop, Daikichi resolve cuidar de Rin, a filha de seu falecido avô. Sendo renegada pelo resto da família, o rapaz de 30 anos cuidará da garotinha de apenas 6. Daí se inicia uma relação de quase pai-filha.

Daikichi parece estar se acostumando com sua nova vida, mesmo tendo que fazer alguns sacrifícios. Mas seu carinho pela pequena Rin aumenta cada dia mais, fazendo com que Daikichi tenha certas atitudes e pensamentos que nem ele esperava.

Porém, ele quer buscar informações sobre a mãe da garotinha pois acredita ser importante tentar aproximá-la de Rin. Ele encontra algumas evidências na casa do falecido avô, junta as informações e, finalmente, consegue fazer contato com a mãe de Rin. Qual será o resultado dessa conversa? A mãe de Rin se importa com a pequena?

O ritmo da narrativa desacelera um pouco neste volume, mas continua muito bom. Unita Yumi sabe criar empatia com os personagens e narrar a história de forma muito competente com seu ótimo traço. Rin está mais à vontade e comunicativa e estreita relações com seus novos avós (os pais de Daikichi).

O ponto forte neste volume é o encontro de Daikichi com a mãe de Rin e o desenrolar posterior. A mente de Daikichi fica à mil por hora, principalmente com a postura da mãe. Muitas coisas passam pela cabeça dele, que depois precisa ter uma conversa importante com a Rin. E a surpresa estará na reação dela.

Compre: Usagi Drop #02.

Facebook – Página e Grupo | Twitter Instagram.