Quem Somos

Eis que do caos absoluto algo começa a tomar forma, através da vontade de forças externas essa ‘coisa’ começa a esboçar um molde, algo que possa talvez ser reconhecido por outros. Claro, o caos não é completamente vencido, a ordem não é e nunca será completa, plena, perfeita. Afinal, não se pode vencer a entropia. Mas mesmo essa ‘pequena’ tentativa de controlar o incontrolável, talvez seja o suficiente para se atingir algo grande, algo significativo, mesmo limitado.

No cerne deste ‘caos ordenado’ encontramos algo forte, pulsante, latente. E é nele que enxergamos a vontade inicial descrita do controle, da junção de coisas tão díspares, mas que muitas vezes têm uma origem em comum. Algo como um vórtice (ou seria vórtex?!), arrastando e trazendo para si tudo que para ele é significante, tudo que possa, ou talvez deveria, ser de interesse comum. Um todo que abrange uma gama variada de assuntos, temas, discussões, entretenimento e também reflexão, mesmo que essa última não seja percebida por muitos, ela de fato acontece nas mentes de quem realmente importa. Nas mentes de quem compreende o intento do conteúdo discutido.

É com esse objetivo que se iniciou o Vortex Cultural. Sem a pretensão de ser o maior ou o melhor, afinal estávamos apenas começando. Mas com vontade honesta e autêntica de abranger os mais diversos assuntos da cultura mundial. Querendo acrescentar um algo a mais em temas saturados e com visões desgastadas.

Entre e se deixe arrastar pelo vórtice, chegue ao seu núcleo. Liberte-se de antigas amarras. Leia, assista, ouça, aprenda e compartilhe as suas idéias.

EQUIPE

Flavio VieiraFlávio Vieira (Twitter / Facebook)
Editor-Chefe

“Esta cova em que estás, com palmos medida, é a conta menor que tiraste em vida. É de bom tamanho, nem largo nem fundo, é a parte que te cabe deste latifúndio.” (João Cabral de Melo Neto)

Advogado. Pós-graduando em Ciência Política. Fundador e editor-chefe do site. Divide seu tempo entre os principais trabalhos do blog e o que sobra pra sua vida pessoal. Pode ser visto facilmente nos principais bares da cidade.

Rafael MoreiraRafael Moreira (Twitter / Facebook)
Editor-Executivo

“Imagination will often carry us to worlds that never were. But without it we go nowhere.” (Carl Sagan)

Um cara que odeia mini biografias. Mas que tem que faze-las por obrigação. Enquanto fazia esse mini-texto, jogava algo no pc, lia um pedaço de um livro, assistia com sono algum filme europeu. Ou apenas enchia o copo de whisky.

Filipe PereiraFilipe Pereira Leitão (Twitter / Facebook)
Editor

“Não se apresse em perdoar. A misericórdia também corrompe.”(Nelson Rodrigues)

Jornalista de formação, crítico, pretenso cineasta e aficionado pela sétima arte desde que tem lembranças. Autor de contos (Contos da Confraria) e de um estudo monográfico sobre a psiquê de Sherlock Holmes, a qual reúne duas de suas paixões: a literatura e psicanalise. Ao lado do cinema, são seus refúgios diante do tédio e monotonia do cotidiano.

Thiago Augusto CorreaThiago Augusto Corrêa (Twitter)
Editor

“Todo Mundo Mente.” (Gregory House, da série House M.D.)

Formado em Letras pela Faculdade de Ciências e Letras, Unesp Araraquara e pós-graduando em Gestão Cultural pelo Senac. Autor presente na coletânea “Contos Fantásticos da 42”, Editora 42. Já participou de três coletivos literários virtuais: Três Vozes, Quatro Patacas e Os Caras do Clube.

Almighty

Almighty (Twitter / Facebook)
Redator

“Eu não concordo nem discordo. Muito pelo contrário.”

Ainda moleque, descobriu a existência de bons livros, mesmo com a escola mostrando o contrário em suas leituras obrigatórias. Na adolescência, começou a ouvir heavy metal e posteriormente aprendeu que a boa música não se resume a esse (ótimo) estilo. Formado em Direito.

Amilton BrandãoAmilton Brandão 
Redator

“The unexamined life is not worth living” (Sócrates)

Fundador do site, portanto, redator de eras priscas do Vórtex. Fascinado pelos mais diversos assuntos de cunho científico ou cultural da humanidade, costuma aproveitar suas horas vagas alternando entre bons filmes, livros e séries, e vivendo bem.

Andre KiranoAndré Kirano (Facebook)
Redator

“Truth is like the sun. You can shut it out for a time, but it ain’t goin’ away.” (Elvis Presley)

Fças de RPG, fã de mangás e animes, Nerd, viciado em tecnologia e que gosta do que faz como emprego. Recomenda Berserk, Claymore, Rurioni Kenshin, Monster, Ousama Game, Fairy Tale, Nanatso no Tazai.

Bernardo MazzeiBernardo Mazzei (Facebook)
Redator

“LAPD! FREEZE, MUTHAFUCKA!”

Quem sou eu? Tem certeza que quer saber? Se alguém te disser que eu sou Homem-Aranha, vai estar mentindo. Eu sou o Batman, meus caros. Além disso, eu sou mineiro do interior do estado, advogado, Flamengo até morrer, roqueiro doido, reincidente no vício em quadrinhos e metido a crítico de cinema. Além disso, adoro caminhadas na beira da praia e sou vegano não praticante. Se você leu até aqui, parabéns! Acaba de perder minutos preciosos de sua vida.

Bruno GasparBruno Gaspar (Facebook / Site Pessoal)
Ilustrador, Designer e Animador

“Se você faz a coisa certa, as pessoas não terão certeza se você realmente fez alguma coisa. Se você faz algo errado, as pessoas sempre se lembrarão do que você fez.”

Desenhista (frustrado), Animador (não do tipo que faz festas infantis), Roteirista (de aventuras de RPG), Escultor (em 3Da maior parte das vezes), Designer Gráfico (quando o site precisa de banners), e Arquiteto (quando tem projeto).

Carolina EsperançaCarolina Esperança (Twitter / Facebook)
Redatora

“Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo.” (Oscar Wilde)

Redatora esporádica e leitora assídua. Carioca, estudante de Letras e doida por livros, séries, filmes, games e uma lista infinda do que entende ser arte. Também é conhecida como Hope. Em abril de 2015, foi gentilmente convidada a integrar a equipe do Geleia e Jazz, passando a contribuir com textos e algumas (boas) ideias.

Cristine TellierCristine Tellier (Twitter / Facebook)
Redatora

“Faça o que tem que fazer, e deixe os outros discutirem se é certo ou não.” (Calvin, por Bill Watterson)

Analista de sistemas atuando com Arquitetura de soluções e Engenharia de software. Preparadora e revisora de textos freelancer. Editora do site Cafeína Literária e co-editora do selo Cafeína Literária.

Dan CruzDan Cruz (Facebook)
Redator

“Para o alto… e avante.”

Professor de História, marido, pai e Mestre dos Calabouços nas horas vagas. Viciado em quadrinhos e RPG, acredita que o Superman existe e sonha em ser um Lanterna Verde, pra combinar com sua camisa do Palmeiras. Gosta de sorvete de pistache, mas sempre esquece e acaba comprando de chocolate.

David Matheus NunesDavid Matheus Nunes (Facebook / Instagram / Twitter)
Redator

“A noite mantinha-se agarrada aos telhados da cidade, os candeeiros da rua ainda estavam acesos, mas a primeira e sutil aguada da manhã já começara a tingir de transparências a atmosfera lá no alto. Foi assim que teve a certeza de que o mundo não acabaria hoje, que teria sido um desperdício sem perdão fazer sair o sol por coisa nenhuma, só para estar presente no princípio do nada quem ao tudo tinha dado começo”. (José Saramago)

Advogado, considera Sharknado um clássico. Gosta de futebol, da Formula 1, é leitor, é baterista e se acha fotógrafo, ama a música e o cinema acima de tudo.

Doug OliveDouglas Olive (Facebook)
Redator

“Não há nenhum fim. Não há nenhum começo. Há somente a paixão da vida.” (Federico Fellini)

Cinéfilo iniciante com a animação “Os Aristogatas”, que assistia 5 vezes por dia na infância. Atualmente começa a fazer seus próprios filmes, e ter entre filmes russos, seus favoritos. Acho que fui longe demais!

Fabio ZC

Fábio Z. Candioto (Twitter / Facebook)
Redator

“É bom quando nossa consciência sofre grandes ferimentos, pois isso a torna mais sensível a cada estímulo. Penso que devemos ler apenas livros que nos ferem, que nos afligem. Se o livro que estamos lendo não nos desperta como um soco no crânio, por que perder tempo lendo-o? Para que ele nos torne felizes, como você diz? Nós seríamos felizes do mesmo modo se esses livros não existissem. Livros que nos fazem felizes poderíamos escrever nós mesmos num piscar de olhos. Precisamos de livros que nos atinjam como a mais dolorosa desventura, que nos assolem profundamente – como a morte de alguém que amávamos mais do que a nós mesmos –, que nos façam sentir que fomos banidos para o ermo, para longe de qualquer presença humana – como um suicídio. Um livro deve ser um machado para o mar congelado que há dentro de nós.”  (Franz Kafka)

Formado em História, amante de cinema, literatura e música, necessariamente nessa ordem. De esquerda e extremamente crítico. Fã de Scorsese, Paul T. Anderson, Carl Sagan, Pink Floyd, Opeth e do Tricolor do Morumbi. Addicted to reality.

Halan EversonHalan Everson (Twitter / Facebook)
Redator

“Um Artista que não produz sua arte é um escravo preguiçoso.” (Wassily Kandinsky)

Tentou tocar guitarra, depois desenhar. Viu que não deu em muita coisa e foi assistir Ghost in the Shell, Hitchcock e Kubrick, mas continua desenhando. Ainda vai criar uma coluna de Jogos de luta no Vórtex e editar trocentos vídeos. Dono do Blog De Outrora onde ainda acha que vai ganhar dinheiro pintando pros outros.

Jackson GoodJackson Good (Twitter)
Redator

“Nunca deixe pra amanhã o que voce pode fazer depois de amanhã” (Desconhecido)

Nerd desde antes disso virar moda, fanboy chatíssimo de hq (marvete, ou seja, tem bom gosto), defensor do cinema blockbuster e viciado em seriados. Curte automaticamente qualquer coisa medieval, sci fi e com super poderes. Um hobbit com humor de anão.

Karina AudiKarina Audi (Twitter / Facebook)
Revisora / Redatora

“Nossa existência não é mais que um curto circuito de luz entre duas eternidades de escuridão” (Vladimir Nabokov)

Professora de língua portuguesa, revisora de textos e formada em Letras, escreveu em blogs e vê na literatura e no cinema um escape do caos.

 

Marcos Paulo

Marcos Paulo Oliveira (Facebook)
Redator

“A vida não é mais do que uma contínua sucessão de oportunidades para sobreviver.” (Gabriel Garcia Márquez)

Marcos Paulo, vulgo MP, é um homem tímido. Não gosta de mini-biografias, preferindo lê-las. Paradoxalmente, é formado em Física, porém, uma pessoa voltada a arte cinematográfica com olhar atento e analítico sobre os mais diversos gêneros narrativos. 

Pablo Grilo

Pablo Grilo (Twitter / Facebook)
Redator

“O maior truque do diabo foi convencer o mundo de que ele não existia.”

Cineasta interessado em descobrir como se faz cinema no Brasil. Gosta de ir ao cinema, ler livros e HQs, e jogar de vez em quando. As vezes, quando tem tempo, escreve por aqui.

 

Pedro LobatoPedro Lobato (Twitter / Facebook)
Redator

“As pessoas pensam que sonhos não são reais apenas porque não são feitos de matéria, de partículas. Sonhos são reais. Mas eles são feitos de pontos de vista, de imagens, de memórias e trocadilhos, e de esperanças perdidas.” (Neil Gaiman)

Amante da cultura pop. Divide o tempo das suas paixões com seus estudos em Direito Virtual e Propriedade Intelectual. Suas influências na vida vão de Tolkien e Gaiman à David Lynch e Hayao Miyazaki.