Review | Dragon Ball Z – A Saga Garlic Jr.

Após os eventos em Namekusei, com a derrota de Freeza – e com receio de alcançar a cronologia do mangá – foi instituída o primeiro grande filler de Dragon Ball Z, começando no episódio 108, se estendendo por 9 capítulos.

Claramente os eventos levam em conta os eventos dos filmes, incluindo aí elementos visuais e dramáticos, como o personagem do dragão que acompanha o menino Gohan, além é claro do assobio irritante cantado, especialmente, no filme Dragon Ball Z: O Homem Mais Forte do Mundo. Kuririn ganha maior desenvolvimento, namorando Maron, uma mulher muito parecida com Bulma, se diferenciando apenas pelo tamanho dos cabelos.

Apesar do preenchimento, há informações valiosas nesses episódios, como a tentativa de Kami Sama em passar o posto de protetor da Terra para sua contra-parte, Piccolo. Garlic Jr. volta da estranha zona da morte sem explicar como chegou ali. Essa micro saga só faz sentido graças ao fato de Goku treinar fora e Vegeta viajar na nave que o pai de Bulma lhe deu, do contrário nenhum dos vilões seriam páreos para os dois.

O plano é o de ressuscitar o Garlic Sênior, através das esferas do dragão. Os capangas de Jr convertem os amigos de Gohan, na casa de Kame, em uma técnica bastante deus ex machina, e dizem que o modo de libertar Bulma, Yamcha, Kame e os outros seria por meio de uma água ultra sagrada, ou seja, mais um item mágico genérico nunca antes citado na série.

A neblina maligna não captura a consciência de Gohan, Kuririn e Maron, e não existe qualquer justificativa para isso. A parte que cabe a Vegeta durante a série é passear pelo espaço em busca de Goku, obviamente sem sucesso. Ele transita entre planetas sem usos de nave, novamente desafiando a lógica de Akira Toriyama de que os Sayajins não sobreviveriam no espaço vazio.

Há momentos constrangedores, como Maron malhando na Torre Karin, onde as proporções tanto dela quanto de Mestre Karin e Yajirobe estão todas mal encaixadas. Também é bastante ofensiva a sexualização da personagem.

A questão do Planeta Maligno, assim como a força de Garlic Jr. simplesmente não faz sentido, assim como também não faz sentido a dificuldade que Gohan, Piccolo e Kuririn têm em enfrentá-lo, depois de tudo que passaram na Saga Freeza. O trio não deveria ter tanto trabalho ao enfrentar um vilão com tão pouco poder.

Ainda assim, se perdeu uma oportunidade para colocar Yamcha, Tenshinhan e os outros heróis Z para lutar, já que claramente esses não eram vilões tão fortes, e poderia se dar alguma importância mínima a eles, que perdem muita importância desde o início da fase Z. Ainda assim, falta qualquer coisa interessante nessa micro saga, que consegue ser a mais malfadada de toda a série.

Facebook – Página e Grupo | Twitter Instagram.