Vortex Cultural - Cultura e informação em todos os níveis

[Review] Full Metal Alchemist

FMA [Review] Full Metal AlchemistFoi-se a época dos cartoons que prendiam crianças na frente das televisões nos programas matinais, nada de cartoons engraçados e divertidos, hoje eles exigem mais: guerras, lutas, sangue (ou não! depende da censura). Não são feitos para simples crianças, as informações chegam rápido e fácil até eles. Quem se lembra de animes como Akira, considerado um dos melhores e primeiros animes, Evangelion, Cavaleiros dos Zodíacos, Samurai Warriors entre outros, da extinta TV Manchete?

Neste mundo onde as pessoas maduras e crianças passaram a gostar mais de animes do que cartoons, que preferem ter em suas casas episódios em DVD do que esperar a boa vontade das emissoras. É nessa leva de animações que se destaca o anime Full Metal Alchemist, que não foi feito para crianças comuns, mas sim para crianças crescidas como nós.

Full Metal Alchemist conta a historia de dois irmãos alquimistas, Edward e Alphonse Elric, em procura de recuperar seus corpos que perderam quando crianças ao tentar reviver sua mãe. Alphonse perdeu seu corpo no processo para ressuscitá-la, Edward perdeu sua perna direita e deu seu braço direito em troca de fixar a alma do irmão em uma armadura vazia, hoje utiliza próteses de metal que substituem perfeitamente braços e pernas, chamado Automail. Após o incidente, ambos decidem tornar-se alquimistas do estado, um título como general ou capitão do exército e recuperar seus corpos, custe o que custar. A história ainda conta com homúnculos, humanos criados com o poder da pedra filosofal, tal pedra, tem o poder de fazer tudo que o usuário desejar sem ter que pagar nenhum preço.

Full Metal Alchemist teve uma primeira temporada de 51 episódios, porém não oficiais, grande parte não existiu no mangá, alguns ovas e um filme, com a continuação depois do final do anime. Sua “segunda temporada” (Full Metal Alchemist Brotherhood) foi diferente, o anime veio renovado tanto em questão de qualidade quanto na fidelidade ao mangá. Diferente de Naruto, Bleach ou One Piece, que hoje são os animes que tem mais destaque entre os espectadores, FMAB tem sua história parcialmente baseada em fatos e lugares reais, como a II Guerra Mundial , Europa e no Fuhrer (Hitler), um inimigo da justiça e que usa o exército para seus próprios interesses.

FMAB é um anime cheio de suspense, reviravoltas, guerras, lutas, surpresas e também, porque não, humor e sarcasmo!

O mangá está previsto para terminar dentro dos próximos meses e o anime está previsto até o episódio 100 aproximadamente, o que deixa muito mais interessante, pois teremos um final para toda a história, veremos sim um desfecho e o melhor de tudo, não teremos filler!

Como de costume nos animes, FMAB conta com aberturas fantásticas e trilhas incríveis, não deixa nada a desejar!

Se você assistiu a primeira temporada na RedeTV ou no Animax e não quer ver de novo a nova temporada, pode ter certeza, nova história, novos personagens, novas lutas, tudo novo! Confira! Vale muito à pena!

[youtube PMqjN96VQ8U]

Texto de autoria de Henrique Romera.

Um comentário em “[Review] Full Metal Alchemist

  1. Léo em disse:

    Infelizmente, em nosso país existe o estigma de que desenho é coisa de criança. Aí temos alguns absurdos como os Simpsons sendo exibido às 11h da manhã. O mesmo ocorre com os animês, que no Japão existem destinados a todos os públicos: crianças, meninas, meninos, adolescentes, homens, mulheres. Chegando ao Brasil tudo é colocado no mesmo bolo, o que causa uma certa confusão.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.