[Especial] Irmãos Coen

Joel e Ethan Coen

Nascidos e criados no subúrbio de Minneapolis, no interior dos EUA, Joel e Ethan Coen são dois dos cineastas mais importantes das últimas décadas. Filhos de judeus e professores universitários, a temática judaica e a precisa irreverência sempre estiveram presentes em sua obra, juntamente com elementos difusos como uma violência muitas vezes brutal. Enquanto Joel estudou cinema, Ethan se formou em Filosofia, o que provavelmente contribuiu para alguns dos inúmeros dilemas morais que seus personagens passam em suas histórias.

Com uma produção vasta, os Coen possuem vários filmes que poderiam ser citados como essenciais. O longa de estreia, Gosto de Sangue (1984), traz já alguns dos elementos que marcariam suas carreiras: o suspense, a tensão, a progressão lenta de eventos e o humor negro. Se em Arizona Nunca Mais eles soltam todo seu potencial humorístico em uma excelente comédia (com também excelente atuação de Nicolas Cage), Ajuste Final traz um filme de máfia compenetrado e focado, cuja única dúvida é por que esse filme não figura entre as principais obras do gênero.

Barton Fink e Na Roda da Fortuna são produções tão díspares quanto interessantes, mas principalmente o fracasso comercial da última deixou a dupla sob a desconfiança da indústria, que logo se dissipou após três obras excelentes: Fargo e O Grande Lebowski, ambos com toques fortes de comédia, mas que não conseguem se encaixar apenas neste gênero. E Aí, Meu Irmão, Cadê Você? Também aposta nesse caminho. A adaptação da Odisseia de Homero se passando na época da Grande Depressão garante outra grande experiência dento do universo conhecido dos diretores: a cultura sulista norte-americana.

Se o esmero técnico ainda brilha em O Homem Que Não Estava Lá mesmo com uma história não envolvente, não se pode dizer na comédia romântica de folhetim O Amor Custa Caro (que justiça seja feita, não era roteiro deles) e no considerado pior filme da dupla, o remake Matadores de Velhinhas. Ambos dispensáveis e muito aquém da qualidade que já os vimos produzir.

Porém, todo o talento da dupla é escancarado e reconhecido com Onde os Fracos Não Têm Vez, um suspense de perseguição de tirar o fôlego situado em uma época de perda de inocência e sobre a fragilidade do homem. A comédia volta ao centro de suas atenções com a escrachada sátira de espionagem Queime Depois de Ler e o excelente, meio amargo e judaico Um Homem Sério. Esse último, uma imersão essencial nesse caldo cultural tão rico quanto complexo.

A adaptação do romance western Bravura Indômita garante um espetáculo visual e uma história sobre o oeste americano como poucos filmes recentemente fizeram. O mesmo faz Inside Llewyn Davis com o começo do declínio dos beatniks e de um fracassado cantor folk dos EUA. Já mais recentemente, o roteiro de Ponte dos Espiões garante uma boa história e bons diálogos nas mãos de Spielberg. Já o engraçadinho, porém decepcionante, Ave, César! apesar de tirar esboços de risadas do espectador, não traz a graça do talento à altura dos diretores.

Sendo assim, os Coen estão consolidados como excelentes autores. Suas principais características, o humor negro refinado, o uso excessivo, porém pontual, da violência enquanto recurso narrativo, e a delimitação de personagens e locais com características marcantes, como sotaques e figurinos exagerados, garantem um toque visual e artístico completo e único em suas obras. A fotografia de um grande parceiro da dupla, Roger Deakins, também ajuda muito a compor todo o espetáculo visual a que propõem. Sem dúvida é uma filmografia a ser apreciada e essencial para se entender não só o cinema moderno e americano, mas a arte como um todo.

Artigos

Filmografia Comentada Parte 1 – por Doug Olive
Filmografia Comentada Parte 2 – por Doug Olive

Filmografia (Diretor)

(1984) Gosto de Sangue
(1987) Arizona Nunca Mais
(1990) Ajuste Final
(1991) Barton Fink – Delírios de Hollywood
(1994) Na Roda da Fortuna
(1996) Fargo
(1998) O Grande Lebowski
(2000) E Aí, Meu Irmão, Cadê Você?
(2001) O Homem que Não Estava Lá
(2003) O Amor Custa Caro
(2004) Matadores de Velhinhas
(2007) Onde os Fracos não Têm Vez
(2008) Queime Depois de Ler
(2009) Um Homem Sério
(2010) Bravura Indômita (Crítica 2)
(2013) Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum
(2016) Ave, César!

(Roteirista)

(2012) 0 Golpe Perfeito
(2014) Invencível

(2015) Ponte dos Espiões

(Produtor)

(2014) Fargo – 1ª Temporada
(2015) Fargo – 2ª Temporada

 irmãos-coen