Quadrinhos

Resenha | Bear – Volume 3

Compartilhar

Na continuação das aventuras da jovem Raven e seu amigo urso Dimas, a fim de encontrarem os pais perdidos da garotinha, o mundo criado por Bianca Pinheiro para servir de palco as peripécias dessa dupla de atrapalhados toma, agora, proporções bem mais ambiciosas e visualmente interessantes: neste terceiro volume de Bear, viajamos junto deles a oceano, ou melhor, a um vasto Rio que precisa de ajuda! Numa clara alusão a poluição das águas que tanto é causada como pode ser revertida pela ação do homem, Raven e Dimas encontram em seu caminho uma entidade chorona, e gigante, cujas lágrimas formam um córrego sem fim, e que pode inundar o mundo todo se a sua tristeza continuar assim, firme e forte.

Para conter suas lágrimas, os dois aceitam a nobre missão de encontrar o cetro mágico que foi roubado do Rio, e trazê-lo de volta das profundezas do fundo do mar! Nisso, ambos ganham a capacidade de nadar e respirar debaixo da água, mas o tempo para diversão é curto: ou Raven e Dimas descobrem logo onde está o cetro, ou tudo na Terra vai ser encharcado. Nem é preciso dizer que embarcar em mais um corre-corre com nossos amiguinhos é, novamente, uma delícia com tantas reviravoltas e coisas a se fazer, agora, entre sereianos (sereias não, sereianos!) e tubarões super amigáveis que fazem Dimas se borrar de medo, afinal carne de urso deve ser bem apetitosa aos dentes do mais temido predador dos sete-mares.

Toda criança já quis visitar o fundo do mar, antes ou depois de assistir a Procurando Nemo e se encantar com tantas cores e maravilhas debaixo d’água. Por ironia do destino, Raven agora ganha a oportunidade, sempre na esperança de encontrarem, de alguma forma também inesperada, mamãe e papai que ela perdeu, um dia, num passeio na floresta. Enquanto a hora do reencontro não chega, ela e Dimas fazem amizades que a levam aonde nem seus sonhos mais malucos conseguiriam levá-los! No meio do caminho até o cetro, velhos personagens do Volume 1 e 2 da saga Bear retornam para ajudar e atrapalhar nossa dupla de “heróis”, uma vez que confusão chama por confusão, num efeito bola de neve irresistível, e elas nunca parecem ser o suficiente.

Sempre irresistível para todos os públicos, Pinheiro continua a encantar qualquer leitor que se aventurar por sua obra, publicada com capricho pela Editora Nemo, mantendo as páginas grandes para destacar a total qualidade gráfica do trabalho da autora. Com suas tramas ágeis e inteligentes, este Volume 3 peca pelo seu final bastante corrido, e talvez vago demais para ser capaz de dar um desfecho coerente, e realmente significativo a esta aventura marítima dos adoráveis Raven e Dimas. Mesmo assim, segue-se sendo um deleite ter acesso a essa jornada em busca dos pais de Raven que, é bom deixar claro, ainda está bem longe de terminar. Afinal, ela e seu parceiro fofo e peludão ainda tem muitos reinos para conhecer, muitas loucuras para se meter, e muitas lições da vida para aprender.

Compre: Bear – Volume 3.

Douglas Olive

Cinéfilo formado em publicidade e iniciante com "Os Aristogatas", que assistia 5 vezes por dia na infância, e que agora começa a querer fazer seus próprios filmes. Devo estar indo longe demais.
Veja mais posts do Douglas
Compartilhar