Resenha | Usagi Yojimbo: Sombras da Morte – Volume 1

Usagi Yojimbo: Sombras da Morte é o primeiro compilado de histórias do personagem, publicado pela Devir Livraria. A vantagem é que cada história se fecha em si mesma, não havendo elementos de continuidade muito relevantes entre elas. Portanto, não se intimide por ser o “volume 1”, sua experiência será completa aqui.

O personagem é criação de Stan Sakai, responsável pela arte e história. Usagi Yojimbo é sua obra mais conhecida e vencedora de prêmios. A arte de Sakai é estilizada, estilo cartum. O fato de todos os personagens serem animais antropomórficos dão um certo ar infantil à série, apesar de alguns temas mais adultos, como assassinatos, tramas políticas e guerras. A violência é amena, o público mais jovem poderá ler sem problemas.

As histórias se passam na época dos samurais no Japão, onde Miyamoto Usagi, este simpático coelho ilustrado na capa acima, é um samurai andarilho que tenta ajudar as pessoas nos locais por onde passa. É a clara referência a Yojimbo, eternizada pelo diretor japonês Akira Kurosawa, e claro, a referência óbvia do nome de Miyamoto Musashi, considerado um dos maiores samurais da história do Japão.

Neste primeiro volume, temos várias histórias contadas em capítulos relativamente curtos, algumas se estendendo por vários. E logo de cara, temos uma surpresa interessante: a primeira aventura já conta com a participação mais que especial das Tartarugas Ninjas, que a princípio pode soar ridículo, mas ora, em um mundo de animais antropomórficos repleto de ninjas e samurais, faz sentido, não é mesmo?

No geral, temos histórias simples, porém muito bem contadas. Tramas envolvendo um magistrado corrupto, um quarteto de assassinos denominado Shi (que em japonês pode significar “quatro” ou “morte”, e inclusive é alvo de algumas superstições no Japão), dentre vários problemas. Os capítulos finais mostrarão Usagi bem jovem, quando estava aprendendo as artes da luta, que geraram histórias muito bacanas. A mais legal é aquela em que o pequeno Usagi vai a um campo de batalha repleto de cadáveres e acaba roubando a espada de um soldado abatido.Este ato acarretará em uma aparente maldição que renderá alguns pesadelos assustadores ao jovem samurai.

Usagi Yojimbo não parece se propor a criar algo extraordinário. Não significa que a obra seja fraca, muito pelo contrário. Sakai criou um personagem carismático e histórias simples. Não é algo que mudará sua vida, mas é uma bela peça de entretenimento que vale conferir.

Compre: Usagi Yojimbo – Sombras da Morte.